Como iniciar automaticamente um aplicativo usando Broadcast Receiver no Android Studio

Como iniciar automaticamente um aplicativo usando Broadcast Receiver no Android Studio

março 10, 2023 0 Por Como Posso?
logotipo do android studio

Se você é um desenvolvedor e está interessado em expandir seu conhecimento em programas de desenvolvimento de aplicativos, também pode tentar trabalhar com outras ferramentas responsáveis ​​pela criação de aplicativos.

Depois de ter todas as ferramentas necessárias, vá em frente e crie seu primeiro aplicativo móvel.

O que fazer para criar um início automático com o Broadcast Receiver?

A primeira coisa que você deve saber é que essa ferramenta não só permite vincular ações à ignição , mas também a alterações de rede ou modos de bloqueio.

Bom, para começar você deve criar o Broadcast Receiver, para isso, clique com o botão direito e selecione ” Novo>Outro>BroadcastReceiver “, uma vez criado resta apenas configurá-lo.

Ele começa definindo as permissões que o aplicativo deve receber para saber quando deverá ser iniciado, o código é o seguinte:

<usa permissão para android: name = »android.permission.RECEIVE_BOOT_COMPLETED» />

Agora você deve definir a ação a ser executada depois que as permissões forem concedidas ao aplicativo. Para fazer isso, você deve especificar se deseja que o aplicativo seja iniciado.

Receptor Android: name = »AutoStart»>

<intent-filter>

<action android: name = »android.intent.action.BOOT_COMPLETED» />

</intent-filter>

</receiver>

Também é importante que você defina a intenção , que basicamente ativará o processo de inicialização do aplicativo assim que o dispositivo for ligado.

<receptor

Android: name = »com. (Nome do aplicativo) .services.MyReceiver»

Android: ativado = »verdadeiro»

Android: exportado = »verdadeiro»>

<intent-filter>

<action android: name = »android.intent.action.BOOT_COMPLETED»> </action>

</intent-filter>

</receiver>

Com este código, o sistema do aplicativo receberá um aviso para iniciar o Broadcast Receiver. Agora você só precisa testar o funcionamento do aplicativo , verificando se configurou o início automático corretamente.

logotipo do android studio

Finalmente você terá conseguido configurar um autostart sem muitos inconvenientes, isso ajudará a que seu aplicativo não mereça ser aberto para que possa rodar no dispositivo.

recomendações

O ideal é que você determine bem a quais momentos deseja vincular seu aplicativo. Por exemplo, sabendo que isso não só permite iniciá-lo quando o dispositivo é ligado, veja se você precisa associar o início à conexão de rede ou após ser removido do modo avião.

Saiba +  Como adicionar bibliotecas usando um arquivo .jar ou gradle no Android Studio

É uma ótima dica que você sempre teste todas as alterações feitas no código do aplicativo. Desta forma, você determina que tudo funciona normalmente e reduz o risco de falha para o trabalho final .

Use os códigos necessários para esta tarefa, evitando criar ações que não correspondam aos seus desejos. Assim como neste tutorial, você encontra os códigos na internet, bastando adaptá-los aos seus arquivos.

Existe a possibilidade de criar esta ação codificando-a. Se for sua preferência, faça assim, para que você tenha o controle de todas e cada uma das ações, podendo adicionar ou remover características de acordo com seu interesse.

Lembre-se sempre de adicionar as permissões necessárias para que o aplicativo possa ser executado normalmente. Caso contrário, você terá problemas com o sistema e poderá gerar falhas nele.

A utilização de um código que permita o lançamento direto de um aplicativo, torna-se bastante necessária, principalmente para aqueles cujo objetivo é a interação com alguma parte do hardware ou com alguma especificação do dispositivo.

cor do logotipo do android studio

Também é útil evitar que uma aplicação não carregue os dados necessários para seu funcionamento eficiente e rápido, gerando uma experiência ruim para os usuários.

Por isso, o Broadcast Receiver é a opção ideal para vincular a aplicação aos diferentes processos que podem ajudar a melhorar o seu funcionamento e determinar se o usuário o segue ou não.

Portanto, entender como essa ferramenta funciona ajudará os desenvolvedores a criar aplicativos melhores que podem se tornar uma tendência em dispositivos Android.